Blog

Voltar
21 jan

CCXP 2018: o que a Comic Con ensina sobre produção de eventos

Postado por casagarcia - Curiosidades, Eventos Corporativos

Entre os dias 6 e 9 de dezembro, São Paulo sediou a 5ª edição de um dos maiores festivais de cultura pop do mundo: a Comic Con Experience 2018. Foram três dias intensos em que mais de 262 mil fãs conheceram de perto quadrinistas, atores e diretores de suas séries e filmes favoritos, disputaram concurso de cosplay, participaram de campeonatos de games e vivenciaram uma experiência inesquecível.

Mas, o que esse evento tem para ensinar a produtores de eventos? Neste artigo, trouxemos os 3 principais insights que a CCXP traz para quem trabalha na área.

A CCXP: 3 insights para produtores de eventos

 

1. Entender o público: o caminho para o sucesso

A experiência das pessoas é o verdadeiro foco da CCXP. É por isso que o evento consegue aumentar seu público a cada edição e continuar agregando valor à experiência que fornece. Os produtores da Comic Con Experience entendem o seu público e definem atrações que fazem sentido para a sua realidade.

Mais do que atores e diretores de Hollywood e seus autógrafos, a CCXP investe em atrações incríveis como os espaços para os estúdios (na CCXP 2018 estiveram presentes AmazonDisneyHBONetflixWarner e outros), colecionáveis raros (como o Thanos em tamanho real!), game arena com disputas de Clash Roayale e LoL e o Concurso Cosplay.

D. B. Weiss, Maisie Williams, David Benioff e John Bradley participam da CCXP 2018 — Foto: Divulgação/HBO

Todas essas atrações se comunicam diretamente com a realidade do público e, mais do que atrair pessoas, faz com que elas vivam experiências realmente marcantes. O valor agregado é inestimável.

2. Encantamento do cliente: surpresas agregam valor ao evento

Os visitantes da CCXP 2018 puderam ver cenas inéditas de um dos filmes mais esperados de 2019, o “Capitã Marvel”. O resultado foi que a ação da Marvel Studios ganhou as manchetes dos principais meios de comunicação do Brasil, como o Estadão e o G1.

Tom HollandJake GyllenhaalTessa Thompson e Ellen Page também apareceram de surpresa na Comic Con e deixaram o público super animado. Ações como essa servem para encantar o visitante e transformá-lo em um “lover”, isso é, alguém que defende, incentiva e apoia o evento.


Painel da Sony na CCXP 2018 – Fonte: Gente Ig

3. Engajamento de público: interatividade é fundamental

Outro aspecto da CCXP que contribui (e muito!) para o seu sucesso é a maneira como o evento consegue engajar o seu público. Os visitantes não estão simplesmente ouvindo os convidados ou transitando entre os estandes, a estrutura da CCXP permite que eles participem de maneira ativa do evento.

O evento promove sorteios, tem desfile de cosplayers, conta com tatuadorestrabalhando no evento e, esse ano, teve a novidade da arena preparada para receber board games. Esse último detalhe evidencia, mais uma vez, a preocupação da CCXP com seu público: a Arena Board Games foi implementada nessa edição depois que os organizadores perceberam que, nas edições anteriores, grupos se sentavam no chão para jogar. Legal, né?

O trunfo da CCXP 2018: o cuidado com as pessoas

Esses 3 insights são apenas alguns dos resultados do verdadeiro foco da CCXP: as pessoas. O sucesso do evento está ancorado na capacidade do evento de se conectar com seu público e no empenho de criar experiências, encontros e vivências que têm como maior objetivo superar as expectativas do público.

É isso que garante o sucesso da Comic Con. É isso que torna o evento uma das maiores feiras de cultura pop do mundo.

Casa Garcia tem, em sua essência, esse cuidado com as pessoas. Mais do que ser um espaço para sediar eventos, a Casa Garcia é uma empresa especialista em criar momentos inesquecíveis por meio de estrutura impecável, parceria com fornecedores credenciados com qualidade comprovada e equipe com foco em inovação para atender à demanda da sua empresa.

Quer saber mais? Acesse nosso site e conheça os espaços da Casa Garcia

Tags:

Compartilhe:

Comentários